Arquivo para São Paulo

O Peso-Pesado São Paulo F.C.

Posted in Futebol Brasileiro, São Paulo Futebol Clube with tags , , , , , on março 2, 2009 by unieagarcia

Não entendam o título pelo lado positivo da história. Sugiro fazerem a analogia com um boxeador peso pesado (ao melhor estilo Lenox Lewis, Mike Tyson ou Evander Hollyfield) contra um peso-pena, balanceando o que eles tem de melhor e pior.

O time do São Paulo de hoje (e em muitas partidas dos últimos 2 ou 3 anos) vem apresentando a solidez de um peso-pesado. Defesa forte, difícil do adversário encaixar um bom golpe (leiam gol). Nossa zaga e volantes garantem que muitas vezes os adversários ataquem, ataquem, ataquem e não abram o marcador. O mesmo que um Oscar De La Hoya ficar batendo em Mike Tyson durante os 12 rounds… NADA! Uma rocha.

Porém peça para Mike Tyson se esquivar ou contornar a movimentação de um peso-pena. O resultado é um gigante, lento, com golpes fortes porém no ar. O SP deste ano tem mostrado uma ineficácia tremenda no ataque. Não empolga, não tem jogadas criativas (o chuveirinho permanece). Falta objetividade, velocidade, rapidez e por fim, finalizar no gol.

A falta de laterais que apóiem o ataque (como Júnior, Cicinho, Serginho ou Ilsinho) junto com a falta de um meio campo que apareça para fazer a jogada com Dagoberto, Borges ou Washinghton cria um abismo entre ataque e defesa. Falta um meio de campo armador e ofensivo para o São Paulo.

Falta de recursos? Não, têmos Jean e Hernanes, dois ótimos jogadores que sabem chegar ao ataque, porém ficam presos ajudando na marcação. Hugo e Jorge Wagner primam mais pela jogada individual (no caso de Hugo) e lançamentos (JW) do que pela velocidade. E assim o SP fica dependendo de uma “subida ao ataque  criativa” de Hernanes ou Jean para que um dos 3 atacantes que estejam jogando consigam fazer a jogada do gol.

Enfim, somos um peso-pesado contra um peso-pena. Difíceis de sermos derrubados pela sólida defesa, mais com dificuldade para vencer pois não somos rápidos o bastante para encaixar um forte golpe (pois bons atacantes não nos faltam)

Anúncios

São Paulo x Oeste

Posted in Futebol Brasileiro, São Paulo Futebol Clube with tags , , , , , , on fevereiro 27, 2009 by unieagarcia

Depois de muuuito tempo sem escrever sobre o SP,  estou de volta! Não que minha paixão pelo São Paulo Futebol Clube tenha diminuido (isso nunca) mais pela correria de fim de faculdade.

Muito aconteceu desde que parei de escrever, incluindo o hexacampeonato do São Paulo, porém vou me focar do jogo de hoje em diante.

Escrevo este post ouvindo o jogo do tricolor pelo rádio. É difícil comentar algo sem ver ao vivo, mais dá pra ter uma boa idéia do que foi o jogo: mais uma experiência de Muricy Ramalho (e que deu certo desta vez). Não entendam como ironia esta minha frase pois apóio o que Muricy está fazendo. Comentarei sobre o rodízio em outro post, neste vamos tratar somente do jogo.

1º TEMPO: Muito monótono. O São Paulo entrou com Rogério; Zé Luis, André Dias, Miranda (Rodrigo – 2T) e Júnior Cesar (Renato Silva 2T); Jean, Arouca, Hernanes e Jorge Wagner; Washington (Hugo – 2T) e Borges. Apesar de ficar com a posse de bola a maior parte do tempo, o São Paulo foi pouco efetivo e manteve o irritante “chuveirinho”. Nas poucas bolas que foram no gol, o goleiro do Oeste (Weverton) começou a se destacar na partida. Em uma das únicas jogadas de bola no chão, Washington recebeu de costas, virou e mandou pras redes. Este atacante que ficou o primeiro tempo inteiro implorando aos companheiros para colocar a bola nos pés do mesmo.

2º TEMPO: Foi onde Borges confirmou que não era o dia dele. Duas bolas na trave (uma em cada uma) e o restante parando em belas defesas do goleiro Weverton (o destaque do jogo). Além disso logo aos 2′ recebeu cartão amarelo e fica fora do clássico do fim de semana contra o Santos. Não que tenha jogado mal, mais estava com um azar GIGANTE. O São Paulo manteve, como no primeiro tempo, maior tempo de posse de bola, porém variando mais as jogadas resultando em chegadas de maior perigo. Aos 27′ após bola alçada na área pelo Jean, André Dias coloca a bola com a cabeça no canto do goleiro. Aos 42′ após belo passe de calcanhar de Jean (de novo), Hernanes chuta cruzado no canto direito de Weverton.

DESTAQUES: O goleiro do Oeste (Weverton) parou Borges na noite de hoje e pode ser considerado o destaque do jogo. Do lado do São Paulo, o meio campo (apesar de apagado no 1º tempo) apresentou qualidade inquestionável. Arouca, Jean, Hernanes e JW na minha opinião é a melhor opção dentro do elenco que temos. Dentre os quatro, Jean foi o que mais se destacou. Com maior liberdade para subir ao ataque devido a presença de Arouca que ficou mais na contenção, mostrou qualidade de sobra, se destacando mais que o camisa 10 Hernanes.

Jogo a jogo o São Paulo vai melhorando e começando a criar um padrão para este elenco de 2009.

E o São Paulo começa a engatinhar

Posted in Sem categoria with tags , , , , , , , , , , on junho 14, 2008 by unieagarcia

Ganhamos de 5 e eu não comentei nada?!?!?! Calma o dia a dia anda corrido e infelizmente não vivo só para o futebol.

O tricolor neste final de semana passado deu mais um lampejo de capacidade e goleou o Galo mineiro por 5 a 1. Ótima partida do time TODO. Não vou me ater em notas individuais mais sim frisar alguns pontos:

1 – O bom lado direito que o Muricy armou neste jogo e a melhoria que Joílson apresentou jogando pela meia direita. O toque de bola rápido que tivemos por aquele lado, entre Joílson e Jeancarlos me deu certa esperança de que voltemos a ter jogadas pelas alas mais perigosas e ofensivas. Temos uns 5 laterias direitos no elenco e não é possível que nenhum preste, basta saber trabalhar cada jogador.

2 – Hugo! Marcou 2 gols, propiciou perigo bem maior à defesa mineira e se continuar jogando a bola que está mostrando, não resolverá mais pode formar uma boa opção pelo lado esquerdo.

3 – O ataque que mostrou uma formação diferente que nunca tinha visto. Dois atacantes jogando como pivos, puxando e segurando a marcação. Distribuindo a bola para Joilson e Hugo que vinham de trás batendo. O Aloísio sempre jogou assim mais o Borges desempenhou muito bem a função e teve importância tática fundamental.

4 – Muriçoca: para os críticos do técnico, mostrou mais uma vez que sabe armar bem o time. Eu mesmo não botei fé neste jogo quando vi a escalação alguns dias antes, pela forma como o time veio armado e com os jogadores que estavam escalados. Me surpreendeu realmente a maneira como o São Paulo jogou. E digo mais, desse jeito que o São Paulo jogou, só que com Eder Luis e Dagoberto jogando o que eu acho que saibam só que pelas pontas, acredito no SP muito mais perigoso. Quando um time de jogadores contestados faz uma apresentação de gala destas, é mão do técnico, não há duvidas!

Tudo bem que o Atlético MG tem um time limitado, mais não podemos tirar o mérito dos jogadores. O time mandou bem, só que precisa manter. Não como fizemos na libertadores onde o time “matou a pau” no morumbi e não segurou no Maracanã. Agora precisa continuar. Como disse na coluna passada, o olho do dono engorda o boi e parece que a visita de Juvenal ao CT surtiu efeitos

Este final de semana é São Paulo e Flamengo no Maracanã. É a chance do elenco do São Paulo mostrar capacidade. O Flamengo é líder do brasileiro e está empolgado e nada melhor do que derrubar o líder pra mostrar para que veio.

Conforme a imprensa vem anunciando e eu já noticiei neste blog, o SP corre atrás de reforços e é a hora de se garantirem no elenco.

Andre: esperançoso como nunca porém cansado com faculdade e trabalho…

Sub-17 BI-Campeão Mundial de Clubes

Posted in Sem categoria with tags , , , , , , , , , , , , , , , , , on junho 7, 2008 by unieagarcia

Parabéns molecada do SP! Somos bi-campeões mundiais de clubes da categoria Sub-17! O tricolor conseguiu seu segundo título consecutivo esta sexta feira, diante do Espanyol pelo placar de 2 a 1. Dois gols do atacante Henrique, artilheiro da competição com 6 gols. O time ainda recebeu premiações individuais: Oscar como melhor jogador e Richard como melhor goleiro.

Comandados pelo ex-jogador Zé Sérgio, o SP venceu 4 partidas, empatou uma e teve somente uma derrota diante do Albacete, na primeira fase, por 3 a 2. As outras vitórias foram diante de Atlético de Madrid, Cruz Azul e Barcelona (na semifinal).

Comentando sobre o time, o técnico Muricy diz ser esta nossa melhor safra de jogadores, pois desde que estavam no sub-12 já demonstram potencial acima da média. O próprio Muricy pede calma pois são jogadores em formação. Além disso destaca os volantes Wellington e Oscar. Falando sobre Oscar (o mesmo que ganhou o prêmio de melhor jogador), este já havia sofrido grande assédio dos clubes europeus e empresários no mundial do ano passado e parece ser uma GRANDE promessa do tricolor, mais vamos esperar que o próprio confirme isso.

É estou ficando cansado de ser campeão do mundo gente. Eu e todos os São Paulinos mundo afora. Que me desculpem os outros clubes brasileiros com grande tradição, mais dentro do Brasil, não há clube com mais tradição internacional do que o São Paulo. Santos? Na época de Pelé foi sim o melhor, mais depois disso apagou para o resto do mundo. E digo mais, querem a prova disso? Segue abaixo a relação dos títulos internacionais conquistados pelo tricolor do Morumbi:

 

Títulos Internacionais

:: Títulos

– Libertadores da América: 92 – Copa Conmebol: 94
– Mundial Interclubes: 92 – Recopa Sulamericana: 94
– Libertadores da América: 93 – Libertadores da América: 2005
– Recopa Sulamericana: 93 – Mundial Interclubes: 2005
– Supercopa da Libertadores: 93  
– Mundial Interclubes: 93
Torneios Exterior
:: Títulos
– Pequena Taça do Mundo (VEN): 55
– Troféu Jarrito (MEX): 55
– Quadrangular de Cali (COL): 60
– Pentagonal de Guadalajara (MEX): 60
– Pequena Taça do Mundo (VEN): 63
– Torneio de Firenze (ITA): 64
– Troféu Colombino (ESP): 69
– Torneio de Verão de Tampa (EUA): 82
– Quadrangular de Guadalajara (MEX): 89
– Quadrangular de Leon (MEX): 90
– Torneio da Amizade (CHI): 90
– Cidade de Barcelona (ESP): 91
– Ramón de Carranza (ESP): 92
– Teresa Herrera (ESP): 92
– Cidade de Barcelona (ESP): 92
– Cidade de Santiago (CHI): 93
– Santiago de Compostela (ESP): 93
– Troféu Jalisco (MEX): 93
– Cidade de Los Angeles (EUA): 93
– Los Angeles Soccer Cup (EUA): 99
– Quadrangular de Pachuca (MEX): 99

Fonte: www.saopaulofc.net

Adicionem a estes os dois mundiais Sub-17… alguém questiona? Acho que não!

Só deixo meu pedido para o técnico Muricy… USE MELHOR A CATEGORIA DE BASE! Não é possível que os jogadores que lá estão sejam inferiores a alguns do time principal, querem exemplo? Cazumba COM CERTEZA é melhor que Richarlysson.

Abraço a todos

Empate com o Santos, sabor de melancolia

Posted in Sem categoria with tags , , , , , , , , , on junho 1, 2008 by unieagarcia

Reginaldo Castro, LANCEPRESS!)Ufa sobrevivi! Achei que não iria acabar nunca! Foi assim que me senti vendo o jogo entre São Paulo e Santos agora a noite e na minha opinião, o pior San-São que vi nos últimos 5 ou 6 anos!

Basicamente foi um jogo de covardes. É e esta a palavra que cabe melhor, duas equipes com medo ousar. Um Santos jogando a maior parte do tempo na defesa, tentando subidas ineficazes no contra ataque. E o São Paulo? Hunf, passes errados (aos montes), jogadas sem sentido, falta de objtividade, nenhuma criação, pouca movimentação… Para falar a verdade o cheiro do frango com molho de cerveja que minha mãe preparava para o jantar soava mais interessante que o jogo.

O time do SP jogou no 3-5-2 e começou com Rogério Ceni; Alex Silva, André Dias e Miranda; Joílson, Zé Luis, Richarlysson, Hugo e Jorge Vagner; Borges e Aloísio… algumas boas jogadas de perigo (duas que me lembro) e só. Segundo tempo, entra Dagoberto (ele entrou mesmo?) e sai Borges… Nada. 26 minutos e entra Éder Luis no lugar de Hugo, agora vai, SP jogando com dois atacantes rápidos abrindo as jogadas pelas pontas… E NADA DE NOVO!

37 minutos… reforço para a próxima partida! Richarlysson é expulso graças a Deus! E que Deus me perdoe mais podia pegar um gancho de dois ou três meses, assim, pra só voltar no final do campeonato. O Richarlysson depois que virou Ricky esqueceu o futebol dele, vive de chiliques e pensando que é o Gérson, com belos passes, viradas de jogo sensacionais e lançamentos em profundidade… com a diferença que o habilidoso Ricky erra todas.

Resumindo, faltou futebol (e muito!) para o Sâo Paulo nesta noite de domingo (01/06/2008). Um São Paulo apático em campo, sem entrosamento (como um daqueles times que jogava de vez em quando na pracinha perto de casa), com muitos erros de passe, sem nenhuma criação (estou repetindo tudo de propósito), e só para constar… ELES CONTINUARAM CRUZANDO BOLAS NA ÁREA, umas 5 que eu tenha visto só no segundo tempo, e mesmo com os “esguios” Éder Luis e Dagoberto na área somente.

Esta na hora de terminar logo esta pré-temporada. Que fique claro que estou analisando a partida de hoje e não o time do São Paulo. Tudo bem que não tem sido a melhor das temporadas para o São Paulo até aqui, mais não sou corneteiro daqueles que perde duas e acha que tudo é um lixo e que todos tem que ser demitidos. Fomos eliminados de maneira “desanimadora” da Libertadores e perdemos Adriano (to sentindo falta mesmo sem o término do contrato). O Muricy precisa de jogadores isso é óbvio, e precisa começar a olhar com carinho para alguns jogadores da base (na minha opinião Alex Cazumba e Sérgio Mota para começar). O time que aprendeu a jogar em função do “homem-gol” agora tem que aprender a mudar as jogadas, ter mais criatividade e baseado na capacidade que o time do SP tem mostrado, acho vai demorar um pouco para readquirirem um bom futebol.

MANDARAM BEM HOJE: Rogério Ceni (não falhou), Miranda, Alex Silva, André Dias, Zé Luis (belo chapéu, tá virando especialista)… Quando a zaga se destaca, as coisas não estão muito boas.

DERAM PRO GASTO: Aloísio, Joílson, Borges, Jorge Vagner

MANDARAM MAL: Hugo, Dagoberto e Éder Luis (erraram demais….)

NÃO VOU FALAR PARA NÃO SER PROCESSADO!: Richarlysson, o craque Ricky….

Termino de falar de SP por hoje com a frase dita pelo Muricy ao ver o volante Zé Luis tendo que ser retirado de campo: “P*ta que o pariu olha o que o Richarlysson fez!” ao constatar que tinhamos um homem a menos na marcação.

Um abraço a todos.

Mercado da bola para o São Paulo

Posted in Sem categoria with tags , , , , , , , , , , , on maio 29, 2008 by unieagarcia

Bom galera essa é a prévia do “vai-e-vêm” do mercado para o São Paulo. Em Junho abre o mercado europeu e segundo dizem alguns especialistas, dessa vez os clubes europeus prometem… prometem deixar Perdigão, Joílson e craques do gênero somente.

VÊM:

  1. Juninho Pernanbucano: Ventilou-se sua vinda para o Brasil com provável destino para o SP, mais já rolaram declarações do próprio dizendo que sua família está adaptada e curtindo muito viver na França (alguém duvida?). ESQUECE!!!
  2. Cleber Santana: Lembram que Marco Aurélio foi até a Espanha para ver um jogo do Atlético de Madri? Eis o motivo, já negado pelo clube espanhol. Chances = 0,79%
  3. Rodrigo: É aquele mesmo que formou dupla de zaga com Fabão e Lugano, e fez questão de ir embora para a Ucrânia. Pegou umas loiras, ganhou grana, foi pro Fla e agora quer voltar pro SP. Mandou bem quando vestiu a camisa tricolor, porém volta de lesão e não é certeza que irá recuperar a forma. Provavelmente irá repôr a ida de um dos dois melhores zagueiros do futebol mundial (Alex Silva ou Miranda). Negociação a ser concluída na semana que vêm. Se vier ajuda? Se ele quiser, sim, mais fico com o pé atrás, é dúvida para mim ainda, quero ver no campo.

VAI:

  1. Hernanes: Milan, Barcelona (times regionais somente) e com possibilidade de outros times entrarem na parada. Junto com Breno, foi a melhor revelação tricolor depois do Kaka. Por enquanto são só especulações (que já rondam faz tempo) e que quando o mercado abrir podem se tornar realidade (98,77% de chances de se concretizarerm) e ai vai ser difícil segurar. Esse fará falta.
  2. Miranda: Milan já expressou desejo em ter o ótimo camisa 5. Chances altíssimas de sair, será uma perda difícil de repôr, ou vocês acham que Alex (não o Silva), Juninho e até mesmo o Rodrigo (provável reforço) possa cumprir essa lacuna?
  3. Alex Silva: E se perdemos os dois hein? Alex Silva e Miranda… mais tudo indica que somente um sai (não ponho minha mão no fogo por isso!). Há muito se fala na sua saída, que só não ocorreu no final de 2007 por causa da sua lesão, por isso a alta chance de negociação agora no meio do ano.

Esses são os nomes com mais força, que surgiram como possibilidade ou que ainda tem grande chance de ir ou vir, se souberem de mais alguém que tenha esquecido me avisem. Como podem ver, temos elenco reduzido e a chance de reduzir mais é grande. Tenho a esperança que a diretoria (a mesma que acertou nos ultimos 5 anos e não a que errou nesse começo de ano) esteja trabalhando na surdina, como sempre trabalhou, para a vinda de bons reforços.

De duas uma: ou as eternas promessas como Dagoberto, Joílson, Juninho e Eder Luis começam a jogar, com o auxílio é claro dos meninos da base (que já mostraram potencial), ou estamos fadados a uma melancólica Copa Sulamericana para 2009.

ABRE O OLHO!